31 de janeiro de 2017

Tagarelando sobre o mês ...


O Resumo do Mês é um resumo de tudo que aconteceu no blog no último mês. Eu gosto de escrever o resumo de tudo o que aconteceu no mês, porque muitos leitores acabam não tendo a oportunidade de ver todas as postagens, então é uma maneira de compilar e mostrar tudo que rolou no Lado Milla de uma forma resumida... Nesse primeiro mês do ano, o Resumo vai ser a amiga aqui, "escrevendo pelos cotovelos" sobre o mês de Janeiro.

Terminamos o ano com as postagens do Blogagem Especial do Final de Ano (Ainda quero escrever com mais calma sobre isso...). Os primeiros momentos desse ano, eu fiquei com uma das piores cólicas menstruais da vida... Passei o Reweion na praia na casa dos meus avós; com meus pais; meus tios e agregados... Nos últimos segundos eu corri para a praia e agradeci que aquele ano finalmente estar acabando... 1/365 -2017!

Nos primeiros anos do blog, quando este ainda se chamava Um Lado meio Milla... Escrevi uma crônica sobre o verão com o subtítulo de "Quem olha para tempo não faz viagem..." E o meu dia, estava muito parecido como eu descrevi naquela crônica: Uma crônica sobre o verão... 

"... Hoje eu acordei muito mais cedo do que de costume, (...) olhei o celular e verifiquei no visor do celular que o dia estava nublado... (...) Queria ir a praia, e naquele dia nublado possivelmente iria chover e literalmente "afogar" os meus planos do inicio do final de semana."
O Projeto 52 semanas é o primeiro projeto a longo prazo que eu participo aqui no blog. Na verdade, essa é a segunda vez que estou participando. Pois, na primeira tentativa eu flopei vergonhosamente... Já preparei mais da metade das postagens do 52 semanas que saem toda quinta-feira.

Em uma noite daquelas cheias de sonhos&pesadelos estranhos um desses sonhos, virou esse texto quase uma crônica  Somebody....♫ . Estou re-escrevendo alguns dos meus textos que já passaram por aqui nos anos anteriores.

 O que eu assisti este mês


A Filha do Pastor: é a releitura com um pouco mais de violência da fabula da bíblia "o filho pródigo"; Assisti esse filme ano passado na Netiflix  o enredo e a trilha sonora são impecáveis.

Qualquer gato vira lata 2: Tati (Cléo Pires) e Conrado (Malvino Salvador), que terminam juntos o primeiro filme, viajam a Cancún, onde ele participa de uma conferência para o lançamento de seu livro. Lá, ela aproveita a ocasião para pedi-lo em casamento, com transmissão via internet para todos os amigos no Brasil.  Esse filme é maravilhoso! é uma mistura de drama/comédia na medida certa e é cinema nacional né? Devemos valorizar...

Ano passado, eu estava assistindo OC - Um estranho no paraíso um pouco mais devagar... Porém, curtindo a série que relata a história de um grupo de adolescentes e das suas famílias que vivem em Newport Beach, do Condado Orange (Orange County, daí o O.C.), localizado na Califórnia. É uma série que tenta aliar comédia e drama com uma trilha sonora juvenil, sem ter nomes sonantes da música comercial mas sendo, ao mesmo tempo, muito atual. Uma série que agrada muito o público pelo mundo todo. No mês que vem, pretendo retornar a ver a série que andei tirando umas "férias" nesses meses festivos.


 O que eu li este mês



Em uma saída despretensiosa para comprar um livro para a minha prima adolescente de Natal e comprei o livro Mamãe é Rock da Ana Cardoso. Este é um livro sobre a maternidade e todos os sentimentos loucos que as mães têm em relação a quem de alguma forma criam, seja um filho natural, adotivo, neto ou sobrinho. É sobre família e é sobre as mães também, esses seres que falam uma língua estranha e chata que só entende quem entra para o clube e se torna uma delas. As crônicas da Ana Cardoso, além de divertidas são super bem escritas. A leitura nos trazem as dores e delícias de ser mãe, mulher, empresária... Abrem o cotidiano da família da autora pra que você sinta-se de casa.


 O que eu ouvi este mês




Fui ao meu primeiro show do ano! A banda gaucha Cartolas fez um show aqui em Florianópolis/SC. A casa de show era bastante escrota mas, os meninos da banda foram um show a parte... O #Canção de Segunda daquela semana foi com três musicas da banda Cartolas. No #Cançãodesegunda teve musica do gênero infantil que grudou como chiclete me fazendo cantarolar direto e uma "playlist da vergonha" com musicas vergonhosas para se ouvir em público.



Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5

30 de janeiro de 2017

Canção de segunda: Músicas que ninguém imagina que eu escuto

Todo mundo tem aquela música que escuta quando está sozinho e comigo não é diferente. No #cançãodesegunda de hoje, separei as músicas que ninguém imagina que eu escute, algumas são vergonhosas e outras não. Eu vi a blogagem coletiva  no grupo de interação Café com Blog com uma "playlist da vergonha": Músicas que ninguém imagina que eu escute e resolvi passar vergonha também!

Rato Meu Querido Rato - Palavra Cantada

Palavra Cantada é uma dupla musical infantil formada em 1994 por Paulo Tatit e Sandra Peres. É caracterizado por canções infantis de linhas marcantes, que prezam pela elaboração das letras, arranjos e gravações, com uma poética sensível e respeito à inteligência das crianças.

Eu não consigo ter maturidade suficiente com musicas do estilo infantil. Essa é uma das musicas que eu mais gosto da Palavra Cantada. 



Todo rato assusta a gente
Todo rato anda em bandos
São os ratos, são os ratos
São os ratos bem malandros
Mas sempre tem um
Que é diferente
Tem sempre um
Que até surpreende a gente



Fome come - Palavra Cantada

Eu lembro de ter assistido esse clipe em algum programa infantil na TV Cultura. Eu só descobri quem cantava quando vi o DVD da Palavra Cantada anos depois... 

  

Fome come fome come
Se vem de fora ela devora ela devora ela devora
(qualquer coisa que alimente)
Se for cultura ela tritura ela tritura
Se o que vem é uma cantiga ela mastiga ela mastiga
Ela então nunca discute só deguste só deguste
E se for conversa mole se for mole ela engole
Se faz falta no abdome fome come fome come

Matemática - Restart

Fiz parte da turma que achava a banda uma M****, um des-serviço para a musica Brasileira e blá, blá, blá... Em meados de 2012 o SBT faz um remake do Carrossel e colocou essa musica na trilha sonora. Na época, eu assistia alguns episódios da por curiosidade... Pois, eu adorava a versão original do méxico, E #mordialingua cantarolando essa musica fofinha hehehe


E as contas, são só pra te mostrar que o que conta
É a soma dos sorrisos e da paixão
A matemática do teu coração

Princesa - João Guilherme

Outra musica que eu morro de vergonha de ouvir.... Acho a letra muito fofinha e até chipava o casalzinho adolescente #JOLARI mas, quando se trata de midia nada é tão bonito quanto parece...



Você quer ser minha princesa?
E fugir comigo pra qualquer lugar
Se só o que me importa agora
É te amar


Eai o que vocês acharam da minha "playlist da vergonha"? Quais são as musicas que fazem vocês sentirem vergonha de ter na sua playlist???




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5

28 de janeiro de 2017

Resenha: Mamãe é Rock



Em uma saída despretensiosa para comprar um livro para a minha prima adolescente de Natal e comprei o livro Mamãe é Rock da Ana Cardoso, conheci esse livro na mesma época que eu fui no evento do lançamento esse ano. As crônicas seguem a mesma linha do livro O Papai é POP do seu marido Piangers (li no começo do ano...) falta pouco para teeminar a leitura. As crônicas sobre maternidade longe de ser romantizadas com uma pontinha de acides na medida certa que agrada as mamães, as futuras mamães e as pessoas que nem pensam nisso.


Sobre o que é o livro?

Este é um livro sobre a maternidade e todos os sentimentos loucos que as mães têm em relação a quem de alguma forma criam, seja um filho natural, adotivo, neto ou sobrinho. É sobre família e é sobre as mães também, esses seres que falam uma língua estranha e chata que só entende quem entra para o clube e se torna uma delas. Não se preocupe, não é um livro de lamentações. É o contrário: tem histórias engraçadas, singelas e verdadeiras. Aqueles que leram O papai é pop estão convidados a conhecer o lado mais in/tenso da experiência. “A mamãe é rock” é um recorte sem filtro dos divertidos e comoventes malabarismos que um casal moderno faz todos os dias para criar suas filhas

Vale a pena? 

As crônicas da Ana Cardoso, além de divertidas são super bem escritas. A leitura nos trazem as dores e delícias de ser mãe, mulher, empresária... Abrem o cotidiano da família da autora pra que você sinta-se de casa.Além de grandes lições sociológicas e comportamentais, desde a evolução das crianças à de uma mulher como guia e aprendiz com as suas crias. E risadas: Garanto que você dará um bocado! HAHAH.

Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando  por lá também (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5

26 de janeiro de 2017

52X5 -Semana 04: Minhas 5 citações preferidas são...




Encontrei um projeto bem bacana no blog “devaneios e metamorfoses” Este projeto consiste em citar 5 respostas para cada uma das 52 perguntas abaixo, fazendo assim, um Top 5 por semana. É o projeto mais longo que eu já participei... Mas, parece ser divertido !!! Pretendo responder ao projeto todas as Quartas-Feiras. O projeto iniciará no dia 05/01/2017 e terminará no dia 05/11/2017.





Minhas 5 citações preferidas são:














E vocês? Quais as suas citações preferidas? 
Comentem aqui, e deixem seus comentários sobre o que vocês acharam desse post.


24 de janeiro de 2017

Coisas para fazer na hora do BBB.


Ontem, começou o BBB um programa que divide opiniões nas redes sociais: A metade assiste e gosta desse programa de "entretenimento"; E a outra metade (eu me incluo) dessas pessoas, não assistem e não gostam desse tipo de "entretenimento" e uma pequena % dessas pessoas que não assistem "xingam muito no twitter" e nas outras redes sociais.


Invés de assistir ao Big Brother Brasil, porque você não usa o seu tempo para:

MARATONA DE SÉRIES NO NETFLIX


Que tal fazer uma maratona de episódios da sua série preferida ou começar uma série nova??? 

CONHECER NOVAS PLAYLISTS NO SPOTIFY

Conheci essa semana o app  Spotify. É um aplicativo diferenciado de músicas que separa por playlists as musicas mais diferenciadas ppara cada ocasião: Músicas para relaxar, estudar e arrumar o quarto...

ORGANIZAR A SUA ESTANTE DE LIVROS


Ou o lugar que você guarda os seus livros... Não ter estante, não é desculpa de não organizar os seus livros.

LÊR UM LIVRO


Tenho uma parte da estante com os livros (Ñ lidos) que vergonhosamente só cresce... Se vocês também são assim que tal colocar as suas leituras em dia??? 
ESCREVER


Escreva um rascunhos de um possivel postagem para o blog: Crônicas, Diálogos. contos... A idéia é sair da "zona de conforto" e usar esse tempo criando um texto TOTALMENTE novo para o seu Blog.


O que vocês fazem na hora do BBB?

19 de janeiro de 2017

52X5 - Semana 03: Coisas pra se fazer no calor


Encontrei um projeto bem bacana no blog “devaneios e metamorfoses” Este projeto consiste em citar 5 respostas para cada uma das 52 perguntas abaixo, fazendo assim, um Top 5 por semana. É o projeto mais longo que eu já participei... Mas, parece ser divertido !!! Pretendo responder ao projeto todas as Quartas-Feiras. O projeto iniciará no dia 05/01/2017 e terminará no dia 05/11/2017.


1.Ler 


Na minha bolsa de praia junto com a toalha e o protetor solar sempre levo um livro para ler entre um banho e outro (me seco direitinho para não molhar e danificar o meu livro)  
    
2. Andar.



Andar na Beira-mar é algo que eu faço muito no verão. 

3. Banho de mar


Tomar banho de mar! sem frescuras, adoro água salgada.

4. ouvir música 



Sempre arrumo meu set-list no celular antes de ir para a praia.

5. Sorvete


Gosto de sorvete em qualquer estação do ano mas como muito mais no verão.

16 de janeiro de 2017

Canção de Segunda: Principe Du'Azul - Passarinho



“O Príncipe du’Azul” é um grupo que se dedica a fazer músicas especialmente para crianças, com enredo, linguagem e sonoridade adequadas ao público infantil.Assim como devemos ter cuidado com a qualidade do alimento que oferecemos para o corpo físico da criança, devemos ter também com a qualidade do alimento anímico infantil. O grupo considera a música como alimento para a alma e é com este sentimento que desenvolve o trabalho.

A banda é composta por um sexteto, onde todos tocam instrumentos e cantam, com uma sonoridade que busca valorizar as raízes musicais brasileiras sem deixar de ser contemporânea. Uma musicalidade alegre, dançante, divertida e atraente, com conteúdo recheado de poemas, mensagens, paisagens e cores que ajudam no saudável desenvolvimento intelectual, emocional e físico da criança.

O repertório é composto por músicas de autoria do cantor e compositor baiano Pedro Ivo, que tem uma história marcada pelo profundo comprometimento com a educação infantil através da arte.

“Crianças são como sementes de futuras árvores, cheias de potenciais adormecidos e prontos para despertarem e darem frutos no tempo certo. Músicas e histórias são como adubos para estas sementes, se carregam na sua essência mensagens que alimentem a alma de bondade, amizade, solidariedade, respeito, amor... os frutos serão saborosos”. 




O Papa-capim 

Ele deu um pulinho tava bem nervosinho o papa-capim
Preso numa gaiola de uma escola, que vida ruim, tadim….
O menino olhou quando viu perguntou "o que é isso aqui?"
É muita crueldade tirar a liberdade de um bichinho assim, é o fim
Passarinho, se tem asa então é pra voar
A gaiola nunca foi seu ninho, é na natureza o seu lar
Vai bichinho, quem se diz dono do teu cantar
Ignora que Deus te criou, e te deu o céu pra viajar


12 de janeiro de 2017

52X5 - Semana 02: Eu nunca...


Encontrei um projeto bem bacana no blog “devaneios e metamorfoses”  Este projeto consiste em citar 5 respostas para cada uma das 52 perguntas abaixo, fazendo assim, um Top 5 por semana. É o projeto mais longo que eu já participei... Mas, parece ser divertido !!! Pretendo responder ao projeto todas as Quartas-Feiras. O projeto iniciará no dia 05/01/2017 e terminará no dia 05/11/2017. 


Eu nunca... andei  de bicicleta


Acho muito cult  andar de bicicleta, sempre sinto  uma invejinha boa do pessoal andando de bicicleta na beira-mar quando tinha 10 anos eu  ganhei uma rosa lindinha de aniversario mais morria de medo 
de cair e logo operei a coluna então nunca aprendi.
Eu nunca... viajei sozinha
 Sempre viajei com a família inteira... até escrever esse item, eu não via como algo que eu gostaria de fazer algum dia, quem sabe eu faço ainda esse ano não precisa ser para outro pais mas tem varias cidades e estados que eu gostaria de conhecer... quem sabe.

Eu nunca ganhei... Um buque de flores
Já ganhei uma única flor varias vezes mais nunca ganhei um buque de flores acho lindo e romântico porem tenho rinite gostaria mais do gesto que acho bastante  romântico porem não guardaria o buque por muito tempo no máximo uma pétala.


Eu nunca tive um gato


Como já foi falado no item acima  eu tenho rinite mas, esse não é o verdadeiro motivo ou motivos de  não ter um felino em casa: Meus pais e eu sempre tivemos cachorros em casa... A ex mulher do meu tio tinha uma grande quantidade desses bichanos em casa e a primeira vez que a alergia atacou foi lá  em uma noite na casa deles... Acho esses bichinhos lindos, independentes... mas a presença deles me fazem expirar infernalmente.

Eu nunca dirigi




Acho lindo mais, ainda não tirei carteira de motorista


E você? O que você nunca fez???
Comentem aqui, e deixem seus comentários sobre oque vocês acharam desse post.

9 de janeiro de 2017

Canção de segunda: Cartolas



Desprendidos de movimentos ou qualquer outra sem-vergonhice, os Cartolas fazem um som sincero, fácil e direto. Sem seguir tendências, a banda traça sua linha no mapa do rock brasileiro, com três discos de estúdio e alguns – muitos – quilômetros rodados pelo país. 

O som Pop Rock dos Cartolas carrega influências de diversos cantos. Ora o flerte é com o indie, ora com a famigerada dance music e com o groove nervoso dos anos 70. Tudo isso passa pelo universo dos relacionamentos, bem-resolvidos ou não, que são cantados pela banda. Atualmente, Os Cartolas estão em turnê de lançamento do seu terceiro disco, “Apavorando o Flashdance”. O trabalho conta com 11 faixas inéditas, que resgatam influências do rock inglês e com melodias que você passa o dia inteiro assobiando. Guitarras certeiras, letras sobre o cotidiano e alguns devaneios estão sempre presentes.
Integrantes: Christiano Todt, Dé Silveira, Deluce, Pedro Petracco, Mariano Wortmann


Eu Moro em Florianópolis/SC desde que me conheço por gente. A distância de Florianópolis/SC e Porto Alegre/RS são de 376,16 km (obrigado Google!). É louco pensar que, o que me aproxima eu de SC, com as musicas do RS “é a propagação de uma frente de compressão de onda mecânica, que se propaga de forma circuncêntrica, apenas em meios materiais” que é o som (segundo a física) dos vários rádios de pilha que eu já tive ao longo desses anos...

Essa semana que se passou eu estava numa vibe mais nostálgica. Na minha playlist tocou aquelas músicas que eu passava as madrugadas Ouvindo pampa no walkman...Tchê, aperta o play!

Cara de vilão



   

Sem sal



  

 Preto e branco


   


Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando  por lá também (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5

7 de janeiro de 2017

Somebody.... ♫


Fui sozinha naquele show.... Isso nunca foi problema, eu sentava em uma mesa próxima ao palco e ficava arrumando os últimos ajustes da máquina fotográfica para registrar um dos meus tipos de fotografia favoritos palco.

Fui um show típico, com: Banda animada, Setlist bacana com músicas que já eram velhas conhecidas do grande público e esse mesmo público cantarolavam felizes com o refrão "...Hey-hey- hey / Ela masca bubblegum.". A banda no palco rendeu vários "Click´s" bacanas e consegui algumas fotografias em PB... A bateria da câmera estava com menos da metade carregada mas, já tinha fotografado bastante aquela noite. Quando desliguei a Maquina e finalmente guardei na bolsa foi que eu senti algo estranho... 

No final do show, eu notei que estava sozinha no meio da multidão... Os casais foram se formando no decorrer daqueles versos & refrões das músicas daquele show. E antes mesmo de apagarem as ultimas luzes da casa noturna, todas aquelas pessoas já sabiam com quem iriam passar o restante daquela noite. Sai da casa noturna, tão sozinha quanto voltei... e atravessei a rua sentando no banco mais próximo, observei aquele céu estrelado daquele inicio da madrugada, colocando alguma música aleatória no meu celular. 

Derrepente, senti uma presença de alguém sentado ao meu lado. Um garoto alto, com um par de lindos olhos azuis e barba serrada com a idade de no máximo 30 anos. Falou algo sobre o show, que tinha recém terminado e para puxar mais assunto, falou sobre a lua cheia e as estrelas do céu... Perguntou o que eu estava ouvindo, e antes mesmo de ouvir a resposta pegou o meu fone e colocou em sua orelha, de um jeito que "forçou" os nossos rostos ficarem próximos.

Começou a cantar desafinado de propósito. Mas, seu inglês era impecável de garoto de ensino médio... Quis saber qual era a banda que cantava essa musica e achou engraçado, quando eu falei que, se tratava de uma banda que cantava a trilha sonora de um filme da Disney e cantarolou o refrão perfeitamente: 
Somebody somebody yeah somehow someday someway... ♫
Me perguntou se, eu sabia a tradução dessa musica e cantei um pouco envergonhada Alguém alguém yeah de alguma forma algum dia alguma maneira...♫ e lhe disse que o filme era sobre superação, vontade de ser alguém e se destacar sem ser tão sozinha...

5 de janeiro de 2017

52X5 - Semana 01: Coisas que me fazem ficar feliz




Encontrei um projeto bem bacana no blog “devaneios e metamorfoses”  Este projeto consiste em citar 5 respostas para cada uma das 52 perguntas abaixo, fazendo assim, um Top 5 por semana. É o projeto mais longo que eu já participei... Mas, parece ser divertido !!! Pretendo responder ao projeto todas as Quintas-Feiras. O projeto iniciará no dia 05/01/2017 e terminará no dia 05/11/2017. 


Longe perto, dentro, tanto faz
Quem quer felicidade corre atrás
E, às vezes, ela está debaixo do nariz
O que você faz pra ser feliz? ...♪


1.Ver o por do sol...



Fim de tarde sempre me emociona... gosto de re-ver as coisas que fiz no dia e programar o outro dia e projetos da semana.

2. Meditar/rezar/orar


                        Gosto desse momento de oração ... desse encontro mais intimo com Deus.

3. Ouvir musica


"Quem canta reza duas vezes." essa é uma das frases famosa do Santo agostinho e por isso procuro (na maioria das vezes) vigiar as minhas musicas... apesar de ouvir as musicas "mundanas" ouço e curto bastante música gospel.

4. Crianças


Tem um trecho do 14 bis que diz que "...Toda vez que a bruxa me assombra o menino me dá a mão..." apesar de não ter muitas "bruxas" no semestre passado, essas criaturinhas cuidaram da Adulta aqui (cof, cof) com carinho (SQN). Estar perto dessas crianças renovavam a energia para a semana inteira!


 5.Fotografia


AMO FOTOGRAFAR!  Pode falar oque quiser sobre os registros dos dias atuais, mas a fotografia é a invenção do século! a tecnologia tirou o glamour que poucos tinham acesso... uma fotografia da família ou o famoso Álbum do bebe era raro antigamente... e bonito que tem hoje em dia um registro daquela época... mas as crianças dessa geração tem váaaarios arquivos no PC  sem dar a devida importância e a valorização  de guardar em papel ou um álbum concreto de fotografias.






E você? O que você faz pra ser feliz? ...♪ 
Comentem aqui, e deixem seus comentários sobre oque vocês acharam desse post.


3 de janeiro de 2017

Uma crônica sobre o verão...


Hoje eu acordei muito mais cedo do que de costume, tirei a " máscara de dormir" dos meus olhos recém abertos olhei o celular e verifiquei no visor do celular que o dia estava nublado...

Queria ir a praia, e naquele dia nublado possivelmente iria chover e literalmente "afogar" os meus planos do inicio do final de semana...Não pensei duas vezes. Levantei da cama confortável, com a temperatura ideal do ar condicionado e fui colocar o biquíni por baixo de uma roupa confortável:O plano A, seria ir a praia e o Plano B, seria "sair por ai...",

Arrumando os últimos "ajustes" para sair e arrumando a bolsa de uma "possível" praia. Que tinha; Tolha, canga carteira com documento e uns trocados, minha caixinha de óculos; com os meus óculos de sol/grau e o livro que estou terminando de ler... Arrumando a bolsa e os meu planos lembrei das sábias palavras da minha vó que aprendeu com a minha bisavó.... E ela sempre repetia quando respondia sobre o tempo;

_Quem olha para tempo não faz viagem...

No ano que passou ... O que eu menos fiz, foi "olhar para o tempo..." e na maioria dos 365 dias daquele ano... fui pega desprevenida, com os dias de sol e os dias de chuva sem nem me importar com as possíveis lágrimas que podia rolar nesses dias de 2014.Sabe de uma coisa, não me arrependo! apesar de não ter GRANDES planos para aquele ano... A maioria das minhas metas, foram cumpridas independente do tempo lá fora, e principalmente do meu tempo aqui dentro...


Os Planos do inicio desse texto: a) ir a praia e b) sair por ai....Foram devidamente concluídos! Fomos em uma praia "Tradicional" aqui em Floripa e a beira do mar é um dos meus lugares preferidos para ler um bom livro e ouvir uma boa música no "set-list" do meu celular... O tempo, foi o que menos importou. Embora, o dia tenha ficado com um dia lindo e caloroso de sol.Sobre as lições que aprendi hoje foi que:


Quem olha para o tempo... Somente vê ele passar.
Quem olha para o tempo... Não, faz viagem e principalmente... 
Quem olha para o tempo... Não vai a praia!


1 de janeiro de 2017

1/365 - 2017!


Primeiramente, Feliz Ano Novo! É assim que começamos as postagens aqui no Lado Milla. Faltam apenas algumas horas para acabar o 1° dia do ano de 2017 mas, eu não poderia deixar de escrever sobre: Reveiwon, ano velho e expectativas para o ano novo...

Diferente dos anos anteriores... Eu passei o Reveiwon na casa dos meus avós maternos; com meus pais, tios e primos. Com direito a comilanças, churrasco e bebidas... Em vez de espumantes e champanhes tomei batida de frutas pela primeira vez! Não tomei banho de espumante. Porém, continuei tendo os pensamentos positivos para os próximos 365 dias desse novo ano. O ano de 2016 foi um ano difícil com fechamentos de ciclos; No ano passado, eu apresentei o TCC que foi um projeto de pesquisa sobre Problemas Psicológicos na Migração com os Haitianos na cidade de Florianópolis/SC. Em 2016, eu terminei as sete matérias para finalmente me formar em Psicologia. Sonho realizado!

Esse ano, teve espetáculo de vinte minutos de queima de fogos a Beira-Mar. Conferi as cascatas de fogos no quintal da casa que fica próximo ao mar ( moram mal meus avós cof, cof, cof...). Mantive as minhas energias brindado e conversando com os meus familiares e realmente confiante no clima “ano novo, vida nova…”. 

O ano de 2017 será um ano de colheita, de recomeços, de energias renovadas... Sabemos também que vai ser um ano difícil. Nos dias mais complicados desse ano eu lembrei de uma frase que um amigo sempre me dizia:"mar calmo nunca fez bom marinheiro". O ano de 2016, não foram de águas muito calmas para essa marinheira de "primeira viagem" precisei ser humilde e reconhecer os meus acertos&erros nesse ano. Foi necessário manter a calma nos diferentes momentos estressores desse ano  para não ter terríveis crises de ansiedade ... O meu estômago agradeceria.

Na contagem regressiva corri para a praia para o cantinho mais reservado e agradeci de finalmente ter acabado o ano de 2016  e mantive as boas vibrações e os pesamentos positivos para os novos trecentos e sessenta e cinco dias desse ano novinho de 2017.

Feliz ano novo!


© Lado Milla
Maira Gall