16 de agosto de 2018

Beda #16: [Projeto] 101 em 1001



A Missão:
Completar 101 tarefas predefinidas em um período de 1001 dias.
Critérios:
As tarefas devem ser específicas (ou seja, sem ambiguidade) com resultados que sejam mensuráveis ou claramente definidos. As tarefas devem ser realistas e representar certo esforço para completa-las.
Por que 1001 Dias?
Muitas pessoas têm criado listas/metas com objetivos frequentemente simples, como as resoluções de Ano Novo. Só que quase invariavelmente a procrastinação acaba vencendo o esforço. Estabelecer um prazo mais realista como  1.001 dias (cerca de 2,75 anos) torna os objetivos mais palpáveis, um período de tempo maior nos permite várias temporadas para completar as tarefas, o que é melhor para a organização  das mesmas, ao mesmo tempo que permite recomeços em caso de algum ‘fracasso’.
Início: Quinta, 16 de agosto de 2018
Término: (...)
Concluído -  Cancelado 


  1. Comprar ou ganhar uma câmera fotográfica (abril de 2012)
  2.  Começar um curso de fotografia (Julho á dezembro de 2012) 
  3.  Comer um fruta por dia (por 30 dias)
  4.  Dormir antes das 23h00min e acordar antes das 07h00min em dias de semana (por seis meses) (Julho de 2012)
  5.  Não roer mais as unhas 
  6.  Tomar outro tipo de refrigerante.
  7.  Comer pelo menos um tipo de salada no almoço e no jantar. 
  8.  Doar Sangue 
  9.  Fazer as Unhas Semanalmente durante um semestre 
  10.  Comprar um estojo de 12 canetinhas da Fabber Casttel 
  11.  Comprar um estojo com 12 lápis de cor da Fabber Casttel
  12.  Comprar um livro de fotografias (ganhei de um amigo em 2012 e outro ganhei do curso) 
  13. Comprar um Bom óculos de Sol [fevereiro de 2010] 
  14.  Blogar pelo menos uma vez por semana (nos dias de semana) 
  15. Participar de um projeto de fotografias (6on6)
  16.  Retribuir e visitar blogs amigos. 
  17.  Ir três vezes ao teatro [1] [2] [3] 
  18.  Fazer aula de dança 
  19.  Viajar em família 
  20.  Andar na beira-mar ouvindo um som 
  21.  Fazer um cruzeiro 
  22. Comprar uma estante para guardar os meus livros. 
  23.  Guardar os trocos em moedas (janeiro de 2013). 
  24. Acordar cedo e não ficar enrolando na cama 
  25.  Beber mais líquidos durante o dia 
  26.  Ficar sem tomar Coca- cola por uma semana. (promessa de 365 dias) 
  27.  Ler um capitulo toda noite de um livro de escolha própria 
  28. Rezar antes de dormir por 1 semana 
  29. Estudar na biblioteca da faculdade todas as quartas-feiras [Julho/2014 - Julho/2015] 
  30.  Frequentar um Templo Cristão por pelo menos um semestre e meio 
  31.  Ser paciente com as pessoas as quais dificilmente eu seria 
  32.  Não entrar em nenhum relacionamento confuso ou que não tenha nenhuma possibilidade de dar certo. 
  33.  Conhecer outras doutrinas religiosas além da católica 
  34.  Comprar pelo menos cinco livros por seis meses 
  35.  Ler pelo menos um Livro dos clássicos da literatura 
  36.  Fazer Exames Gerais 
  37.  ler algum livro da Clarice Lispector 
  38.  Ler cinco livros inspiradores de filmes que já assisti [1] culpa das Estrelas [2]Cidade depapel [3] Menino do pijama Listrado [4]Oquarto de Jack[5] O diario de Anne Frank
  39.  Assistir 10 filmes que ‘todo mundo viu’ menos eu [1][2][3][4][5][6][7][8][9][10] 
  40.  Fazer uma lista ilustrada de 101 coisas que me fazem Feliz 
  41.  Ir três vezes ao teatro [1] [2] [3] 
  42.  Montar um Blogue de fotografias estilo um portifolio 
  43.  Fazer um Piquenique 
  44.  Participar de uma manifestação com teor Político
  45.  Ir a 10 bons shows [1]Acústicos e Valvulados [2] Nenhum de Nós [3] Engenheiros do Hawaii [4] Falamansa [5] Rappa [6] Cartolas [7] Vera Loca [8] Comunidade New Jitisu [9]Raça Negra [10] Cachorro Grande
  46.  Pensar em um tema para o TCC e estudar
  47.  Revelar 30 fotos (Clikadas por mim) por mês.
  48.  Scanner as fotos da Família
  49.  Escrever (e enviar) 10 cartas manualmente [1] [2][3][4][5][6][7][8][9][10]
  50.  Tirar uma foto de mim mesma no primeiro dia de cada mês dos 1001 dias
  51.  Fazer Postagens Mensais sobre o andamento do Projeto 101/1001
  52.  Começar a treinar em uma academia
  53.  Ler a bíblia.
  54.  Fazer Clareamento Dentário
  55.  Fazer limpeza de pele
  56.  Fazer pelo menos uma sessão de massagem
  57.  Comprar um caderno de desenho e desenhar uma vez por semana
  58.  Re-lêr os livros da minha estante.
  59.  Ler toda a Obra de Machados de Assis
  60.  Ler 10 livros Clássicos da psicologia (Acadêmicos mesmo) [1] [2][3][4][5][6][7][8][9][10]
  61.  Catalogar meus Livros
  62. Presentear 10 amigos com Livros [1][2][ [3][4][5][6][7][8][9][10]
  63.  Fazer uma Lista com minhas 101 músicas preferidas
  64.  Aprender 15 receitas Novas
  65.  Preparar um jantar
  66.  Procurar um antigo desafeto e pedir desculpas
  67.  Fazer um Encontro pra reunir 10 a 15 amigos da faculdade
  68.  Fazer algo Diferente por/ para minha mãe
  69.  Fazer uma Faxina Geral na Casa (aplicar o desapego)
  70.  Acampar
  71.  Escrever em um caderno de caligrafia
  72. Revelar 500 fotos [36/500]
  73.  Presentear um Desconhecido com um Ingresso
  74.  Plantar um Ipê
  75.  Criar uma cápsula do tempo para abrirmos depois de 10 anos
  76.  Fazer um desenho em folha em branco e guarda-los em uma pasta
  77. Fazer estágio na Psicologia Escolar
  78. Fazer estágio na Psicologia Social
  79. Viajar sozinha

15 de agosto de 2018

BEDA#15: A ânsia



Ouço um programa de rádio na madrugada e quando dá 00h:00min em ponto o radialista lê frases, poemas e textos... e sempre te faz pensar sobre as várias temáticas... 

A ânsia


Tão simples seria, se tivéssemos a mesma interpretação das palavras, e não somente delas, mas também dos gestos. 

Se hoje habitam, aproximadamente, sete bilhões de pessoas na Terra, quantos mais por aqui passaram e deixaram seu tempo um pouco diferente do agora!

O fato é que a complexidade, a perfeição do homem é tamanha que faz dela própria (a perfeição) sua maior imperfeição, sem que ele mesmo se dê conta disso. 

Que coisa louca!

Não existe nada mais completo e possível do que a natureza humana com todas as suas riquezas possíveis e imagináveis e, é claro, o contrário dessas, as quais só o tempo haverá de mostrar o quanto ali já habitam.

Cada comparativo que seja feito, de um para com o outro, pode mostrar inúmeras verdades que ali se estabelecem. Mas, ao mesmo tempo, faz destas mesmas verdades, uma possível mentira, criada a partir do que ele tenha somente como vontade e não por fato.

A distância que move a verdade (até que essa se torne fato) faz, através do tempo, uma possibilidade de variações na interpretação de uma mesma coisa. 

Se esse tempo fosse único para todos, é bem provável que estaríamos à mercê do acaso que o próprio acaso seria capaz de fazer. Mesmo assim, poderia não ser o acaso o acaso dele mesmo, mas sim, o feito da verdade de todos.

Como existem infinitos tempos para infinitas existências pessoais, ficamos tentando determinar o momento em que faremos da “nossa verdade” o “fato” para o maior número possível de pessoas, transformando, dessa forma, o tempo de cada uma num único que cubra nosso pensamento e existência, com a mesma interpretação desejada no sim da verdade.

Enquanto nada disso acontece, ou, pelo menos, boa parte não aparece, vamos somando instantes, momentos, tempos em tempos de ânsias, supostamente chamados de “felicidade”. 

Cada vez que a ânsia aparece, parece que o tempo acelera e passa lento tal qual a felicidade que nunca chega.

De todas as vezes que a felicidade não chega, na maior parte delas, quem fecha a porta (e nem sequer uma fresta deixa) é ela que ali está, a ânsia, com seu tempo (que se diz ser infinito, mas finito é) e seu jeito egoisticamente pretensiosa de mostrar ao mundo o que não deveria, mas que o faz sem saber.

No tempo da ânsia, não existe felicidade. Quando existe felicidade, a ânsia simplesmente dá lugar à vida. Isso, se todos nós tivéssemos a mesma interpretação das palavras, bem como dos gestos.


Por Éverton Cunha, o Mr. Pi
Pijama Místico – Pijama Show – 01/04/2009

14 de agosto de 2018

BEDA#14: Aquele que comecei a escrever um livro...






“  Mariana recém tinha passado no vestibular para cursar psicologia na universidade federal da capital. Bernardo cursava o 3* período da faculdade de direito na mesma universidade... 

Se encontraram por acaso, correndo contra o relógio para não se atrasarem no primeiro dia de aula e olharam-se de relance. Ele reparou nós óculos de Mariana. Ela reparou nos belos pares de olhos verdes de Bernardo e o sorriso meio de canto, para o "olá" do segurança do campus. 

No intervalo da segunda e terceira aula iria acontecer no campus da universidade o trote para os universitários novatos que os alunos veteranos sempre aprontavam com os novatos. Bernardo lembra muito bem do seu trote há dois anos atrás: Foram 38 ovos quebrados na sua cabeça e um liquido gosmento com cheiro bastante duvidoso que ficou empreguinado no seu corpo durante dias... 

A turma do 3° semestre do curso de Direito já tinham feito uma "vakinha" entre os alunos para comprarem ovos e fizeram uma festinha para preparar o tal "liquido gosmento com cheiro bastante duvidoso..." do trote e para os alunos novatos. O grupo no watzzap da turma, choviam contagens regressivas desde o penúltimo mês do ano passado, agora só faltavam apenas 30 segundos para o trote começar... 

Mariana estava encantada com a sua primeira aula do dia que era NEURO-ANATOMO-FISIOLOGIA APLICADA À PSICOLOGIA. a professora que estava ministrando essa matéria mau teve tempo para dispensar os alunos para o intervalo, quando um grupo de três alunos que eram representantes de diferentes cursos de graduação da universidade. Entraram na sala pedindo licença, entre esses alunos, estava Bernardo que era representante do curso de Direito que pediu para fazer um convite para os alunos. 

Mariana já estava com os seus fones de ouvido azul ouvindo Beirut no ultimo volume tentando em vão fugir do trote que os novatos "sofriam" na primeira semana como universitário quando sentiu uma mão de raspão no seu ombro e logo pegou a sua mão... Parece que o tempo parou, naqueles milésimos de segundo que Bernardo e Mariana se olharam... Quando ele percebeu que tinham platéia virou para a turma ainda de mãos dadas com Mariana começou a falar meio gaguejando: 

_ Bo... Bom dia BI...BIXARADA!!! cof,cof,cof E moça bonita que esta no meu lado.... A turma de veteranos da Universidade está convidando os novatos e novatas da turma de Psico... Psicologia para "confraternizar" com os alunos no campus da Universidade. 

Mariana afastou a sua mão da mão do Bernardo e se aproximou da primeira mesa que encontrou para guardar o seu fone de ouvido na sua bolsa. Na mesa, em que Mariana se aproximou tinha uma garota ruiva com sardinhas (elas iriam ser melhores amigas nos próximos semestres...) mas, naquele momento eram apenas colegas de classe, A menina ruiva com sardinhas... falou algo indecifrável e sorriu para Mariana que envergonhada demais para perguntar alguma coisa, apenas lhe sorriu de volta.

(...)
© Lado Milla
Maira Gall